domingo, 26 de abril de 2015

Deficiente auditivo é perseguido e morto a tiros em Bayeux

O auxiliar de produção Ivan Carneiro Ribeiro Sobrinho, 22 anos, estava no Balneário no Rio do Meio, acompanhado da esposa, quando estavam na parada de ônibus indo para o Mário Andreazza, onde morava, foi surpreendido por homens em um veiculo, que já chegaram atirando.

Ivan ainda correu para dentro de uma casa, mas foi assassinado a tiros.

A vítima trabalhava no Café São Bráz, era surdo e mudo, a mesma deficiência da companheira.

A familia não sabe a quem atribuir o crime, já que a vítima não era envolvida com coisas erradas.


0 comentários:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial