quinta-feira, 3 de março de 2016

Bando explode agência bancária que estava desativada devido a ataque no ano passado

Uma agência bancária ficou completamente destruída após explosões provocadas por um grupo de criminosos, na cidade de Serra Branca (Borborema do estado, a 234 km de João Pessoa). O prédio havia sido desativado há cerca de cinco meses, quando foi alvo de ataque similar.
Segundo a polícia, o novo banco estava quase pronto e deveria ser reaberto em breve. Mas os bandidos pensavam que a agência estava em funcionamento e que encontraria dinheiro nos caixas. O plano deu errado, pois os equipamentos estavam totalmente vazios. A ação serviu apenas para assustar e prejudicar, mais uma vez, a população, que terá que esperar alguns meses para ter a agência de volta.
Durante a ação, um grupo de pessoas que passava pela rua onde fica o banco foi feito refém, mas ninguém ficou ferido, conforme a polícia. Ainda de acordo com a PM, com base no relato das vítimas, o bando era composto por pelo menos 10 homens fortemente armados. Depois de explodir a agência, os bandidos liberaram os reféns e fugiram.
Uma caminhonete que teria sido usada pela quadrilha durante a fuga foi encontrada queimada em uma estrada que liga Serra Branca ao município de São José dos Cordeiros. Até as 8h, nenhum suspeito tinha sido preso. 
Outro ataque
Um caixa eletrônico de um posto de atendimento bancário em Massaranduba (Agreste paraibano, a 136 km de João Pessoa) foi explodido na madrugada desta quinta. Segundo a PM, o caso aconteceu por volta das 4h. Depois da explosão, os suspeitos fugiram com direção ao sítio Mulungu, que dá acesso a Matinhas, Lagoa Seca e Alagoa Grande. Um carro que teria sido usado pelos criminosos foi encontrado pela polícia. 

0 comentários:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial