sexta-feira, 4 de março de 2016

​ Governador da PB condena ação da PF que invadiu apartamento de Lula

O governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), condenou a ação da Polícia Federal nesta sexta-feira (04) que deflagrou a 24ª fase da Operação Lava Jato, invadindo a casa do ex-presidente Lula e levando-o para depor na sede da PF em Guarulhos.

Para o governador, a ação foi exagerada. “Direitos fundamentais estão sendo ignorados. Precisamos manter a luta para assegurar a democracia no Brasil. Isso é a espetacularização da justiça, onde objetivos nobres cada vez mais são confundidos com estratégias de correntes políticas e de elites econômicas retrógradas”, afirmou Ricardo.

Para o governador, a Polícia Federal extrapolou os limites do bom senso. “Ontem, um ex-presidente do Brasil se colocava a disposição da justiça. Hoje, um verdadeiro aparato policial foi montado para ‘conduzir coercitivamente’ esse ex-presidente para depor sob a mira da grande mídia que comanda e tenta de todas as formas ressuscitar protestos contra um governo”, disse.

Ricardo ainda afirmou ser favorável às investigações contra a corrupção. “Não se trata de defender a impunidade. Se trata de ser contrário a toda manipulação que está ocorrendo sobre os direitos fundamentais”, concluiu.

0 comentários:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial