sexta-feira, 29 de julho de 2016

Assustada com a violência população vai às ruas em caminhada pela segurança

Diante da  indiferença do Governo do Estado e a impotência manifesta da própria Policia, ante ao quadro de violência que se abateu sobre a Paraíba, a sociedade civil começa a se organizar para uma “caminhada pela Segurança”, em data ainda a ser marcada, exigindo urgentes e eficazes medidas.

O movimento, que tem seu núcleo inicial em Intermares e Bessa, tende a se estender em todo o estado, visto que a violência em índices alarmantes tem tirado a segurança dos paraibanos do Litoral ao Sertão. “Hoje não se tem segurança em local  nenhum. Os bancos estão explodindo, os assaltos seguidos de mortes ocorrem à luz do dia e nada é feito para se reprimir o crime”, lamenta Agnaldo Silva, um dos organizadores do movimento.

O grupo já pretende iniciar reuniões com os representantes de associações, lideres do comércio e de outros setores afetados pela violência, no sentido de organizar a caminhada e definir o roteiro, que a princípio, deve ir de Intermares ao Cabo Branco, rumando em seguida apara o Palácio da Redenção.

“Violência,  sabemos, tem em todo canto. Porém, há ações eficazes para inibi-las. Aqui, as pessoas estão presas em casa, com medo, os caixas eletrônicos explodindo; postos assaltados e donos mortos, enquanto a Policia se diz impotente e o governador falando de eleições. É hora da sociedade ir às ruas e chamar o feito à ordem”, destaca  Mario Sérgio, assaltado três vezes na caminhada pela orla do Cabo Branco.

Uma das providências dos organizadores do movimento é  evitar a participação de qualquer politico quando da realização do ato. O objetivo é evitar a politização da manifestação que é meramente da sociedade, na reinvindicação de suas prerrogativas constitucionais, que asseguram o direito de ir e vir coma preservação de sua integridade física e seu patrimônio.
 ...............................................................................................................................................................
Deixe seu comentário sobre essa notícia e acompanhe mais notícias do Cabuloso nas redes sociais:  TwitterYoutube e InstagramCurta nossa página no FacebookVocê também pode enviar informações, vídeos e fotos pelo WhatsApp (83) 98866-9195.
O que Achou? SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

0 comentários:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial