terça-feira, 26 de julho de 2016

Polícia Militar investe em programa de prevenção com crianças na Paraíba

Visando educar crianças sobre a problemática das drogas e da violência, o Programa Educacional De Resistência às Drogas e à Violência (Proerd) promove a integração entre a polícia, escola e família. Mais de 20 mil crianças, este ano, foram beneficiadas pelo Proerd em todo o estado da Paraíba, cuja meta é sobrar este índice neste segundo semestre do ano. Esse número representa o dobro de crianças atendidas no mesmo período do ano passado.

Um dos projetos realizados pelo Proerd é o “Ronda Proerd”, ação pioneira na Paraíba, na qual são realizadas visitas em escolas da rede pública de ensino, disponibilizando instrutores que atuam exclusivamente na aplicação de aulas e palestras do Proerd, a fim de diagnosticar possíveis problemas estruturais que possam incidir sobre a segurança da comunidade escolar.

Em João Pessoa, até junho deste ano, 47 escolas receberam atendimento pelo projeto. Na primeira quinzena do mês de julho, o atendimento foi expandido para mais 17 escolas, totalizando 64 escolas atendidas pelo Proerd na Capital. No primeiro semestre, mais de 760 visitas solidárias foram realizadas a estas escolas, o que tem resultado, sobretudo, na integração entre alunos, professores, diretores e policiais.

Para o comandante geral da PM, coronel Euler Chaves, programas como o Proerd são mecanismos de prevenção de grande importância no combate à violência. “Acreditamos que as ações do Proerd podem fazer toda diferença na vida de muitas famílias, orientando crianças que terminam por se tornar multiplicadoras daquilo que aprendem com os policias durante as palestras”, ressaltou o comandante.

Para Maria José Figueiredo, diretora da Escola Estadual Francisco Campos, no bairro Anatólia, Zona Sul da Capital, o Proerd, que foi implementado há quase cinco anos na escola, trouxe uma significativa melhora no tocante à disciplina dos alunos. “O Proerd influenciou bastante na melhoria do comportamento dos alunos, na relação destes com os professores, e também na forma como eles enxergam os policiais, já que, além das questões de prevenção às drogas e violência, os policiais militares também orientam as crianças acerca de temas importantes como o bullying”, relatou Maria José.
 .................................................................................................................................................................
Deixe seu comentário sobre essa notícia e acompanhe mais notícias do Cabuloso nas redes sociais:  TwitterYoutube e InstagramCurta nossa página no FacebookVocê também pode enviar informações, vídeos e fotos pelo WhatsApp (83) 98866-9195.
O que Achou? SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

0 comentários:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial