quinta-feira, 28 de julho de 2016

Trabalhadores da Fundac entram em greve por tempo indeterminado a partir do dia 6

Os trabalhadores da Fundac Paraíba em assembleia geral realizada na tarde desta quinta-feira (28), no Auditorio do Sindicato dos Jornalista Profissionais do Estado, em João Pessoa, decidiram por unanimidade entrar em greve geral por tempo indeterminado, a partir do proximo dia 6. Até lá, aguardam uma posição da direção do órgão em relação a manutenção do valor integral de R$ 180,00 referentes ao vale alimentação para cada trabalhador, bem como maior empenho do Governo na criação do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração da categoria.

Os servidores, de todos os municípios do Estado, recusaram a proposta a da diretoria da Fundação de Desenvolvimento da Criança e do Adolescente "Alice de Almeida", que depois de quatro meses, decidiu voltar a fornecer os vales refeições para todos os trabalhadores em valores reduzidos, quando estabeleceu  R$ 130,00 para que trabalham apenas um expediente e R$ 200,00 para quem trabalha em dois turnos.

“Direito adquirido não se tira. Foi necessária muita luta para que conseguíssemos o valor de R$ 180,00 de vales refeições para cada trabalhador. A proposta da Fundac está fora de cogitação. Não aceitamos reduzir o valor, muito menos a imposição que estão querendo fazer com todos nós”, afirmou Lùcia Brandão, presidente do Sintac, sindicato da categoria, responsável pela assembleia geral.

Na próxima segunda-feira, um documento será entregue ao presidente da Fundac, Noaldo Meireles informando sobre a rejeição da proposta do órgão em relação ao problema. A categoria vai esperar até a sexta-feira, dia 5, por uma posição. Caso não atenda o que ficou decidido na assembleia dos servidores, a categoria, no dia seguintes (sábado, dia 6), entrará em greve por tempo indeterminado.

“Uma decisão por unanimidade. Todos estão insatisfeitos com a política que vem sendo adotado ao longo dos anos na Fundac. Cada vez mais se desvaloriza o trabalhador. Ainda apelamos para o bom senso da direção no sentido de manter o valor de R$ 180,00 nos vales alimentações dos servidores. Caso seja o contrário, a categoria entrará em greve por tempo indeterminado”, finalizou Lúcia Brandão.
...............................................................................................................................................................
Deixe seu comentário sobre essa notícia e acompanhe mais notícias do Cabuloso nas redes sociais:  TwitterYoutube e InstagramCurta nossa página no FacebookVocê também pode enviar informações, vídeos e fotos pelo WhatsApp (83) 98866-9195.
O que Achou? SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

0 comentários:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial